segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012


Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso,
nunca se sabe qual é o defeito que sustenta o nosso edifício inteiro.

4 comentários:

Filoxera 9:54 da tarde  

Agora fazesb como o príncipe em busca da dona do sapatinho: vais à procura do dono deste delicado coração...
:-)

Alex 11:25 da manhã  

O próprio dono é que tem que o procurar, os corações não se deitam fora, quem vive sem coração?

© Piedade Araújo Sol 5:19 da tarde  

Alex

esta foto só me lembrou a canção coração de papelão :

Recortei a luz da lua e colei num papelão
Escrevi assim sou sua e te fiz um coração
Encontrei você na rua, você nem deu atenção
Eu nem sei qual é a sua, coração de papelão
Então chorei, até pensei, amor assim pra que ?
Meu bem não sei fingi que nem te olhei
Sempre quis namorar com você ( meu amor sempre quis namorar com você )

Se essa rua fosse minha, eu mandava ladrilhar
Com o brilho dos seus olhos, só pro meu amor passar
Se essa rua fosse minha, eu mandava ladrilhar
Com o brilho dos seus olhos, só pro meu amor passar

uma foto no momento certo

beij

Manuel da Mata 10:23 da manhã  

Gosto desta foto. :)

  © Distributed by Blogger Templates. Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP