terça-feira, 16 de junho de 2009

The heart of life is good



Para uma(s) Amiga(s) especial: Todos podemos ser, de vez em quando. Temos esse direito sabias? Percorremos tantos quilómetros de estrada. Partilhámos tanto que nem o silêncio nos separa. Fortalecemos nas fra(n)quezas, embora não pareça. Pede ao tempo um tempo, atira com as contrariedades para o alto e volta, um dia. Como diz o Mayer, pain throws our heart to the ground. Os laços criam-se para ficar, eternamente, de mãos dadas, com os nós muito apertados contra o peito, mesmo quando nos tornamos pessoas piores, ou pensamos que nos tornamos pessoas piores. Um pouco mais egoistas? Talvez. Um pouco mais isoladas, fechadas, caladas? Talvez. Inseguras? Muito. Aprendemos? Sim. Crescemos? Também. Sofremos? Tanto. E mudamos. Por vezes, penso que nunca mais volto a ser a pessoa que era. Não será esse o sentido da vida? Somos humanos. E os laços, aqueles que construímos ao longo de tanto tempo, esses são para sempre, porque para sempre é a saudade que eu sinto de Ti. De todos. Um beijo.
Obrigada também.

7 comentários:

£oµ¢o Ðe £Î§ßoa 6:59 da tarde  

Biutifule songue.
(Gosto do teu gosto)

Kiss per tê
Até outro instante

pb 9:43 da tarde  

hummm, será que ela recomecou a escrever ? se sim, começou da melhor maneira, é simplesmente lindo !! Um beijo

Filoxera 12:10 da manhã  

Que bom ler-te!
"Todos podemos ser, de vez em quando"- tens razão.
A parte da saudade para sempre é que me deixa um nó na garganta :-(

papu 4:32 da tarde  

um beijo assim do tamanho dessa saudade :)

Alex 9:20 da manhã  

Tão queridos, mesmo muito queridos. Saudades de tempos que não voltam mais.

A.P. 9:59 da manhã  

A vida é mesmo assim, quer queiramos quer não não volta para trás. E quando muda, muito dificilmente volta ao que era.
Resta-nos olhar em frente e tirar o melhor proveito daquilo que a vida nos vai dando. E ter a coragem de enfrentar os obstáculos que nos põe no caminho.
Beijos e abraços

  © Distributed by Blogger Templates. Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP