domingo, 27 de março de 2011

Bote de pesca

8 comentários:

IMaria 8:46 da tarde  

Um P&B espectacular. Jinhos e boa semana. Isabel

© Piedade Araújo Sol 9:01 da tarde  

gostei muito desta foto.

bom domingo

Alex 2:36 da tarde  

Onde vais amiga?

Filoxera 3:14 da tarde  

Onde vais, amiga?- perguntou-me ela
Nem eu sei; zarpo sem carta de marear.
Fecho os olhos, decido partir sem ela
E sulco as ondas, contrárias, deste mar.

Inspiro o ar gelado, cheirando a maresia
Certa que, desta vez, partirei sozinha
Para chegar não sei onde, nem em que dia
Mas o que importa é a viagem, só minha

Determinação à proa, choro feito coragem
Preparo-me para enfrentar mais uma tormenta
Munida, apenas, da força que me sustenta

E assim vou, guiada pela minha estrela,
Ao som das marés, rumando nas vagas,
Em busca de promessas que nunca são pagas.

Alex 4:06 da tarde  

De onde te saiu isso tudo? lindo!!!
Sozinha não, partimos todos os dias, voltamos sempre.
Um abraço Sofia.

Filoxera 4:09 da tarde  

Sabes que é assim...
Sai, simplesmente.
Obrigada pela amizade omnipresente.
;-)

© Piedade Araújo Sol 9:52 da tarde  

Filo!!!!!!!

mas que soneto tao bonito!

gostei!

beij

Alex 12:08 da tarde  

Piedade: gosto tanto de te ter aqui.

  © Distributed by Blogger Templates. Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP