terça-feira, 15 de novembro de 2011

Olhares de Outono


2 comentários:

O Profeta 7:20 da tarde  

Os olhos que choram
Não sabem mentir
As mãos que me tocam
Levam à alma o sentir

O abraço sincero
Aplaina meu corpo frio
Veste-me de sol ardente
Solta meu sonho em azul rio

Os sonhos perdidos
As juras e promessas que fazia
Guardei-as num cofre
Lancei à maresia

Mágico beijo

BRANCAMAR 4:29 da tarde  

Lindíssimo este olhar de Outono!

Beijos
Branca

  © Distributed by Blogger Templates. Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP